Building a dairy supply chain in Ethiopia together with GAIN Nordic

Etiópia

Uma cadeia de suprimentos lácteos para iogurte acessível

A Etiópia tem 11 milhões de vacas leiteiras, mas devido à falta de infraestrutura, muito do leite nunca chega aos consumidores. O projeto GAIN Access to Better Dairy está desenvolvendo uma cadeia de suprimentos lácteos sustentável em colaboração com pequenos fazendeiros e empresas de lácteos locais.

Como o parceiro de negócios líder, nosso papel na Arla Foods Ingredients é equipar os produtores com os recursos para produzir um iogurte seguro, nutritivo e acessível para venda nos mercados e quiosques etíopes. A receita do iogurte contém nosso permeado de soro de leite – um ingrediente rico em minerais do leite e lactose – para maximizar a produção de iogurte das empresas e garantir um bom sabor e textura.

Nossos parceiros no projeto – GAIN and DanChurchAid – estabeleceram outras conexões cruciais na cadeia de suprimentos. Isto envolve trabalhar com os fazendeiros para melhorar a qualidade e o rendimento do leite e conscientizar o público sobre a importância de uma boa nutrição, especialmente para crianças, gestantes e mães que estão amamentando. A Confederação da Indústria da Dinamarca está contribuindo com o modelo de negócios. 

O GAIN Access to Better Dairy tem o apoio da agência de cooperação para o desenvolvimento da Dinamarca, Danida. Em 2021, a Danida concedeu dois anos de financiamento adicional para permitir que os parceiros do projeto investigassem mais a fundo as possibilidades de melhoria da utilização do leite, redução do desperdício de alimentos e desenvolvimento de um modelo de negócios mais ecológico. Uma descrição detalhada do caso está disponível para download aqui.

O modelo desenvolvido por meio deste projeto está totalmente documentado e pode ser transferido a outros mercados.

Objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU
Este projeto especifica uma contribuição aos ODSs 2.1/2.3, 8.2/8.4 e 12.3.




Dos resíduos de papaia para um snack de fruta seca

O mamão papaia, rico em vitaminas, é uma fonte de renda para mais de 890 mil pequenos fazendeiros na Etiópia, mas 30% da colheita são atualmente perdidos devido ao estrago. Se apenas uma parte deste fruto nutritivo pudesse ser recuperada e levada ao mercado como um snack de papaia seco, os benefícios seriam excelentes – para os fazendeiros, para a criação de empregos na indústria alimentícia e para famílias de baixa renda em que a desnutrição é algo comum.

Estamos participando em uma parceria público-privada que visa desenvolver uma cadeia de suprimentos para transformar os resíduos de papaia em uma barra de proteína de fruta seca. Como um parceiro de inovação do produto, nosso papel é criar as receitas e transferir o conhecimento de processamento necessário aos fabricantes locais.

Liderada pela GAIN, a parceria inclui a Universidade de Addis Ababa, três produtores de alimentos europeus e uma empresa de engenharia agrícola local. A Confederação da Indústria da Dinamarca é responsável pelo desenvolvimento de um modelo de negócios viável.

O programa Danida Market Development Partnerships financia o projeto.

Objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU
Este projeto especifica uma contribuição aos ODSs 2.1, 8.2/8.4 e 12.3.




Colaboração para um biscoito enriquecido com proteína

A Sustainable Food Partnership é uma colaboração entre a Arla Foods Ingredients, DanChurchAid, Novozymes e outras empresas para desenvolver novos conceitos de nutrição acessível e compartilhar o conhecimento e experiência relacionados.

O foco atual é um projeto para desenvolver um biscoito enriquecido com proteína na Etiópia. Produzido por um fabricante em Addis Ababa, o biscoito conterá proteínas de grãos-de-bico produzidos no local e, posteriormente, quinoa, com a proteína do soro de leite como fonte de nutrientes lácteos. Após atrasos relacionados à COVID-19, o biscoito deve ser introduzido no mercado em 2022.

P4G, fórum global que apoia parcerias público-privadas concentradas em acelerar o desenvolvimento sustentável, está apoiando este projeto. A P4G financiou anteriormente a iniciativa Sustainable Food Platform da parceria, para promover a produção local de alimentos nutritivos para pessoas que vivem em ou perto de campos de refugiados.
Objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU
Este projeto especifica uma contribuição aos ODSs 2.1/2.3 e 17.17.